Cuca mostra irritação e detona VAR da partida contra o Flamengo

FOTO: REPRODUÇÃO

O Flamengo venceu o Santos por 1 a 0 neste domingo (30). Gabigol marcou o gol da vitória, único válido da partida. O Santos teve dois gols anulados, um de Raniel e outro de Marinho.  O técnico do time paulista, Cuca, criticou o VAR, especialmente a demora para tomada de decisões, na coletiva de imprensa após o jogo. Em três jogadas juntas, o VAR paralisou o jogo por mais de dez minutos.

-Não entendo mais as regras do VAR. Jogador, comissão técnica e até a arbitragem fica pilhada, mais por causa do VAR do que tudo. Hoje, o André (Luiz de Freitas Castro), que é parceiro lá de Goiânia, brincou no VAR, né? Queria poder falar do jogo bom que a gente fez. O que ficou de bom é isso. Às vezes, um bom jogo assim vale mais do que o resultado.

Ao final da partida, o técnico Cuca saiu de campo extremamente irritado com a arbitragem. Além disso, Cuca fala que essa demora do VAR mexe com o psicológico dos jogadores e revela uma conversa com profissionais do Flamengo:

-Tira o controle emocional. Eu me vi louco para segurar o Marinho. Ele foi o mentor das jogadas do gol. A felicidade extrapolada vindo acompanhada de uma tristeza enorme, que é o cara não poder comemorar o gol. Hoje, quem apita o jogo é o árbitro de vídeo. (…) É o que eu falei para o pessoal do Flamengo: “Se fosse contra vocês, vocês iriam estar ‘putos’ da vida como estou” 

O Flamengo joga novamente nesta quarta-feira (02), contra o Bahia no estádio de Pituaçu, às 20:30, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O elenco já está com desfalque de Bruno Henrique, que levou seu terceiro cartão amarelo. Além disso, o atacante será reavaliado por conta de dores sentidas após a partida contra o Santos. Junto a ele, Diego Alves e Gabigol também farão exames na reapresentação, pois há a possibilidade de lesão.

Deixe uma resposta