Metodologia de treinos de Domènec é elogiada no Flamengo

Uma das experiências tem sido a utilização de equipes diferentes a cada treino com bola, com o objetivo de conhecer melhor os jogadores.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL

O GLOBO: Diogo Dantas

Mesmo que os resultados ainda não ajudem, o trabalho de Domènec Torrent no Flamengo está sendo reconhecido aos poucos.

O técnico espanhol tem tido os treinamento elogiados pelos membros do departamento de futebol.

Uma das experiências diferentes tem sido a utilização de equipes distintas a cada atividade com bola, com o objetivo de conhecer melhor os atletas. Sempre cobrando bastante intensidade.

Outro aspecto novo no comando da equipe é o trabalho com os goleiros. O preparador Wagner Miranda tem intensificado o treino com os pés, e isso tem rendido bons resultados.

Pela proposta de jogo de Dome, de manter a posse de bola, os atletas precisam de domínio quando acionados. As situações de jogo demonstram tal necessidade.

Se Diego Alves já tinha esse hábito desde que jogou na Europa, César começou a experimentar de forma mais intensa agora. No jogo contra o Coritiba, foram um total de 15 ações com os pés, e 100% de acerto.

Antes, Diego Alves, contra Grêmio, foi acionado 13 vezes, e errou apenas uma delas. O que não aconteceu diante do Botafogo, quando teve 10 participações com os pés.

Nesta quarta-feira, Dome comanda seu primeiro treino integral da semana, de olho no jogo com o Santos, no domingo. O Flamengo tem apenas uma vitória no Brasileiro.

Fica a expectativa por mudanças na equipe titular, que atuou sem Arrascaeta e Gerson contra o Botafogo. Pedro Rocha e Diego foram escalados. E Thiago Maia ganhou a primeira chance no decorrer da partida.

Deixe uma resposta