Declaração de Isla em chegada ao Flamengo irrita o Boca Jrs

O Boca Juniors passou os últimos sete meses sonhando com a contratação do lateral-direito.

Maurício Isla, jogador do Flamengo, rindo – Foto: Alexandre Vidal

FUTEBOLATINO: Na última semana, o Flamengo agiu rápido nos bastidores e acertou a contratação de Mauricio Isla para substituir Rafinha, que deixou o time brasileiro e acertou com o Olympiacos, da Grécia.

Se muitos ficaram impressionados pela agilidade da diretoria brasileira, no Boca Juniors a surpresa foi ainda maior, pois o clube passou os últimos sete meses sonhando com a chegada do chileno.

O primeiro contato foi realizado no começo do ano, quando Riquelme ligou para Isla e ambos bateram um longo papo por telefone. Na ocasião, o convite foi concretizado e a resposta do lateral era que iria esperar o seu contrato com o Fenerbahce encerrar.

Assim que Isla ficou livre no mercado, o Boca Juniors voltou a ativa na negociação e tentou acertar a contratação, mas a negociação emperrou e a decisão na La Bombonera foi não forçar a barra.

Declaração indigesta

De acordo com o canal TyC Sports, a declaração de Isla que não pensou duas vezes ao receber o convite do Flamengo, causou um grande mal-estar dentro do Boca Juniors. Durante a negociação entre as partes, o lateral havia deixado claro que a sua escolha na América ficaria entre Xeneize e La U, mas não teria cumprido com a sua palavra ao acertar com o Fla.

Deixe uma resposta