Jornalista estipula prazo para Gabigol e Rodrigo Caio voltarem aos jogos do Flamengo

Gabigol durante treinamento do Flamengo nesta semana
Gabigol durante treinamento do Flamengo nesta semana - Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo não vive uma boa fase no Campeonato Brasileiro. Com 33,3% de aproveitamento na competição, Domènec Torrent esperou por esta semana sem partidas para treinar a equipe visando se reabilitar no torneio. Porém, nestes primeiros dias de preparação, o treinador não poderá contar com Gabriel Barbosa e Rodrigo Caio, lesionados. A dupla, no entanto, deve voltar em breve aos jogos do Rubro-Negro.

Rodrigo Caio tem lesão no adutor da coxa esquerda, enquanto o problema de Gabriel Barbosa é no reto femoral da coxa direita. Os dois casos são considerados leves pelo departamento médico do clube. Por isso, o centroavante deve retornar aos jogos já neste domingo (30), contra o Santos. O zagueiro, por sua vez, precisa de um pouco mais de cautela e deve estar à disposição de Domènec para o confronto com o Bahia, na quarta-feira (02). A informação foi divulgada primeiramente pelo canal Venê Casagrande, no Youtube.

O departamento médico do Flamengo tem como filosofia não divulgar o prazo de recuperação dos atletas lesionados. Porém, Gabigol e Rodrigo Caio já deram início aos tratamentos e não devem desfalcar o clube carioca por muito tempo. O zagueiro é quem não deve atuar em uma partida do Rubro-negro, pois requer mais cuidado, tendo em vista que esta lesão é recorrente. O jogador já sofreu com a mesma contusão, no mesmo local, em outra oportunidade.

A tendência é que Gabriel Barbosa retorne aos treinamentos já nesta semana, para participar do jogo contra o Santos, no domingo (30), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo será disputado na Vila Belmiro e terá início às 16h (horário de Brasília). Rodrigo Caio, por sua vez, deve voltar às atividades com o restante do elenco na segunda-feira (31), para estar à disposição de Domènec na quarta (02), contra o Bahia, no Pituaçu, às 20h30 (horário de Brasília).

Deixe uma resposta