Após novas críticas, empresa indica gramado híbrido para solucionar problemas do Maracanã

FOTO: DIVULGAÇÃO/MARACANÃ

COLUNA DO FLAMENGO: A condição do gramado do Maracanã voltou a tomar conta dos debates internos do Flamengo e entre a Nação Rubro-Negra. Após o clássico contra o Botafogo, que terminou em 1 a 1 no último domingo (23), atletas do Fla reclamaram da grama e os dirigentes do clube, inclusive, cobraram a empresa responsável, que prometeu fazer uma troca em breve.

Ao ser bastante questionada através das redes sociais por torcedores do Mengão, mais uma vez a Greenleaf, empresa responsável pelo gramado do Maraca respondeu um torcedor. O posicionamento, inclusive, mencionou outros estádios em que ela é responsável pela manutenção. A Greenleaf afirmou ainda que dentre os estádios que realiza a manutenção, o Maracanã é o mais complicado.

CONFIRA O POSICIONAMENTO DA EMPRESA:

“Na Arena Corinthians o projeto foi todo nosso em 2014. O Mineirão é um dos melhores gramados do Brasil e a manutenção também é nossa. O Maracanã é o mais complicado de todos.

O que podemos garantir é que não estamos medindo esforços para melhorar o Maracanã. Dia e noite a gente tem virado lá. Agora, com a luminosidade voltando, acreditamos que só melhore.

A solução definitiva do Maracanã, será o gramado hibrido, em 2021. Mas é um investimento muito alto. Tem que esperar a licitação dos 35 anos do estádio sair para que o clube possa fazer um investimento desse porte”.

No entanto, a empresa encontrará problemas para solucionar o problema com rapidez. Isso porque, toda semana terá no minimo uma partida no estádio. Além do Flamengo, o Fluminense que divide o consórcio com o Mais Querido, também manda seus jogos no Maracanã. O Fla só voltará a jogar em casa em 05 de setembro, em partida contra o Fortaleza. Todavia, o Flu faz o clássico contra o Vasco no próximo sábado (29) e depois recebe o Atlético-GO, na outra quarta (02).

Deixe uma resposta