Braz descarta ‘desculpa’ por maus resultados, mas afirma: “Jogar sem a torcida do Flamengo é difícil”

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo.

COLUNA DO FLA: Mauricio Isla foi apresentado na tarde desta segunda-feira (24), em coletiva de imprensa no Ninho do Urubu. Após o chileno coneceder entrevista, foi a vez de Marcos Braz. O vice-presidente de futebol permaneceu na sala de imprensa do Ninho do Urubu para responder mais perguntas dos jornalistas. Entre os assuntos, Braz admitiu que um dos problemas enfrentados pelo Flamengo, é jogar sem a presença da torcida.

“Eu não sou um homem de desculpas, o Bruno (Spindel) não é homem de desculpas, mas jogar sem a torcida do Flamengo, que é diferente, eu não estou aqui para rasgar seda para a torcida do Flamengo porque não preciso disso, nem é meu perfil. Mas jogar sem a torcida do Flamengo é difícil. Mas a gente vai trabalhar para isso vai ser vencido”.

Braz também falou sobre o mau momento vivido pelo Flamengo no Campeonato Brasileiro e não escondeu a expectativa de ver o time voltar a vencer e jogar bem. Mesmo assim, o vice de futebol defendeu Domènec Torrent e classificou como ‘injustas’ as comparações entre o catalão e seu antecessor no cargo, Jorge Jesus.

“A nossa expectativa não era nem de arrancada. Era de que começasse bem e continuasse bem o campeonato. Acho que é um pouco injusto comparar os cinco primeiros resultados do Jorge (Jesus) e do Domènec (Torrent). O Jorge teve 15 dias para trabalhar quando chegou e do Domènec teve quatro dias. Acho que esse tipo de comparação não é sadia para o treinador. O Jorge Jesus teve uma história aqui, muito bem escrita. Mas essa história se passou. Esse grau de comparação eu entendo, mas a gente tem que afastar isso um pouquinho do futebol”, disse Marcos Braz. “Eu entendo a dificuldade que o time está tendo agora, já estava tendo um pouco mais atrás. Mas os resultados foram bons com Jesus, ali no campeonato estadual, mas o Flamengo já não vinha com tanta excelência que vinha apresentando em 2020 antes da parada da pandemia”, completou.

Deixe uma resposta