Transmissão ao vivo, escalações e mais: saiba tudo sobre Flamengo x Botafogo


Buscando sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro, o Flamengo entra em campo para enfrentar o rival Botafogo, neste domingo (23). O clássico carioca no torneio nacional , válido pela quinta rodada da competição, acontece às 11h (horário de Brasília), no Maracanã, com transmissão exclusiva do Premiere.

Até o momento, a equipe comandada por Domènec Torrent, tem duas derrotas (para Atlético-MG por 1 a 0 e Atlético-GO por 3 a 0), uma vitória (contra o Coritiba por 1 a 0) e um empate (para o Grêmio em 1 a 1). Já o time treinado por Paulo Autuori tem um jogo a menos, com dois empates e uma vitória.

Após sofrer uma lesão na coxa esquerda, João Lucas não estará à disposição de Dome. Para o clássico, o jovem Matheuzinho pode ganhar a titularidade na lateral direita, sua posição de origem. Ou então o catalão pode optar por Renê – originalmente lateral esquerdo, mas que já foi improvisado pelo técnico na direita.

‘Rei dos Clássicos’, Bruno Henrique, que vive seu maior jejum sem fazer gols desde que chegou ao Flamengo, tenta fazer jus ao apelido para, quem sabe, ‘desencantar’ e balançar as redes de Gatito Fernández. O atacante completou seis partidas sem marcar e o clássico carioca pode ser um ‘gás’ a mais para que sua boa fase volte.

CONFIRA AS INFORMAÇÕES SOBRE A PARTIDA

Transmissão: Premiere

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden é o árbitro da partida e os auxiliares são: Rafael da Silva Alves e Lucio Beiersdorf Flor. Para arbitragem de vídeo, Jean Pierre Gonçalves Lima foi o selecionado.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO X BOTAFOGO

Competição: 5ª Rodada – Campeonato Brasileiro
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Data: 23 de agosto de 2020, domingo
Horário: 11h (horário de Brasília)

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

FLAMENGO: Diego Alves; Matheuzinho (Renê), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão e Gerson; Everton Ribeiro e Arrascaeta; Gabigol e Bruno Henrique.
Técnico: Domènec Torrent

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcelo Benevenuto, Kanu, Barrandeguy, Danilo Barcelos; Caio Alexandre, Honda, Bruno Nazário; Luís Henrique, Guilherme (Rhuan) e Matheus Babi
Técnico: Paulo Autuori

Deixe uma resposta