Mauro Cezar diz que torcedor precisa ter mais paciência com Fla de Domènec

UOL: O início do atual campeão brasileiro não empolgou. Em quatro jogos, o Flamengo venceu apenas um, empatou outro e perdeu dois. Na opinião do colunista do UOL Esporte, Mauro Cezar Pereira, a nação rubro-negra precisa ter paciência com o Domènec Torrent e a atitude de Gabigol, de correr até o técnico catalão após empatar o jogo contra o Grêmio, é positiva no sentido de mostrar a todos que os jogadores acreditam nas ideias do catalão.

“O Flamengo apostou em um técnico estrangeiro. Domenèc chegou agora e está conhecendo o ambiente. Essa transição demora um tempo. [Jorge] Jesus teve 20 dias para treinar, Domènec não tem esse tempo. O início de Jesus foi difícil, então calma. Vamos ver o que o Flamengo vai ser na mão do [Domenèc] Torrent. É preciso paciência e tempo, não vai se resolver de uma hora para outra, não vai ser magicamente. E o importante ali foi a reação do Gabigol, que empatou o jogo e abraçou o técnico em uma sinalização que os jogadores querem fazer as coisas caminharem como antes, mas com o novo técnico”, afirmou.

Para Mauro Cezar, nenhum treinador que chegasse ao Flamengo conseguiria manter o nível de trabalho de Jorge Jesus – o português deixou o clube com mais títulos (6) do que derrotas (4). Além disso, o jornalista lembrou as credencias de Torrent, o catalão foi por muito anos auxiliar de Pep Guardiola e tem uma experiência muito grande no futebol.

“Foi auxiliar do Guardiola, um cara de campo que participava das decisões estratégicas com o Guardiola, então, experiência ele tem. Está se adaptando. As ideias de futebol dele não são idênticas ao do Jorge Jesus. Ninguém conseguiria substituir o Jesus, qualquer um que o Flamengo trouxesse ia chegar com outra visão de futebol”, completou.

O Flamengo vai em busca de sua segunda vitória no campeonato nacional contra o Botafogo, amanhã (23), às 11h (de Brasília), no Maracanã.