Botafogo traz boas recordações a Bruno Henrique, e ‘Rei dos Clássicos’ vê cenário favorável para desencantar

Camisa 27 do Flamengo está sem comemorar um tento há seis partidas, mas média do atacante contra rivais regionais é positiva e serve de motivação para fazer as pazes com as redes

Gabigol e Bruno Henrique

O DIA: A dupla de ataque do Flamengo não vive grande momento na temporada após o retorno do futebol brasileiro. Gabigol, nos últimos oito jogos, marcou apenas um gol. Bruno Henrique está em jejum há seis partidas, o que faz alguns torcedores reclamarem das atuações do camisa 27. Porém, há algo que pode servir de motivação para o atacante: o próximo duelo é com o Botafogo, uma das suas principais vítimas e é um adversário que traz boas recordações para o “Rei dos Clássicos”.

Desde que chegou ao Flamengo, Bruno Henrique disputou 17 clássicos regionais e marcou 12 gols, sendo cinco contra o Vasco, quatro contra o Fluminense e três diante do Botafogo. Inclusive, o Alvinegro foi o primeiro time que o atacante enfrentou pelo Rubro-Negro. No dia 26 de janeiro de 2019, o camisa 27 entrou no segundo tempo e deu a vitória ao time do Ninho após marcar dois tentos. A partida, na ocasião, acabou 2 a 1.

NÚMEROS POSITIVOS EM 2020:

Apesar de a fase de Bruno Henrique não ser de outro patamar como foi em 2019, os números do camisa 27 nesta temporada é de dar inveja a muitos atacantes por aí. Em 17 jogos, ele marcou oito gols e deu três assistências. Embora a última bola na rede tenha sido no dia 5 de julho, quando o Flamengo venceu o Volta Redonda, pelo Carioca, por 2 a 0, com dois tentos de Bruno Henrique.

A bola rola neste domingo para Flamengo e Botafogo às 11h, no Maracanã, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O time rubro-negro não deve ter novidades no time que vai a campo com: Diego Alves; Matheuzinho (Renê), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

Deixe uma resposta