“Temos que estar emocionalmente preparados”, destaca Arrascaeta sobre ausência de torcida nos jogos

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Após a paralisação das competições pela pandemia da Covid-19, o futebol brasileiro está retomando suas atividades e, em um primeiro momento, com portões fechados e sem público nos estádios. Em entrevista ao canal Zico 10, Arrascaeta lamentou a falta da Maior Torcida do Mundo nos jogos, e destacou a importância de um elenco ‘emocionalmente preparado’ para lidar com as adversidades.

 É um ano muito particular, vai ter jogo sem torcida, e a gente tem que se preparar emocionalmente para tudo isso. Não é o mesmo jogar com a nossa torcida, com o estádio lotado, e jogar sem ela. Sem querer, atrapalha um pouquinho também e, por isso, falo que temos que estar emocionalmente preparados -, disse.

A Maior Torcida do Mundo é, literalmente, o 12º jogador do Flamengo, responsável por incríveis mudanças de resultados e fantásticas festas na arquibancada. A Nação, que nunca abandona o Mengão, não está agindo diferente neste Brasileirão de portões fechados. Em confrontos disputados no Maracanã, a casa do Mais Querido, as arquibancadas ganham cor e mosaicos, que projetam o apoio incondicional ao elenco.

Para o importante duelo desta quarta-feira (19), contra o Grêmio, o Maracanã já está preparado para recepcionar o Maior do Mundo. Ao entrar em campo, o Rubro-Negro vai se deparar com um mosaico escrito “Vamos, Flamengo”, e terá a certeza de que a torcida jogará junto. A partida, válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro será disputada às 19h15 (horário de Brasília)

Deixe uma resposta