Jogador do Grêmio considera 5 a 0 para o Flamengo como injusto: “Jogo que não condiz”

O Flamengo entrou para a história em 2019. O Rubro-Negro conquistou a Libertadores e o Campeonato Brasileiro no mesmo ano, o que nunca havia acontecido na história desde que a competição nacional passou a ser disputada no modelo de pontos corridos. Ainda repercute alguns feitos alcançados pelo time, na época comandado por Jorge Jesus, como a vitória por 5 a 0 em cima do Grêmio, no torneio sul-americano. Maicon, meia do Tricolor, falou sobre o tema.

Após empate de 1 a 1 na arena gremista, as equipes se enfrentaram em um Maracanã lotado, pelo segundo jogo da semifinal da Libertadores da América. Resultado? O Flamengo aplicou sonoros 5 a 0 em cima do time comandado por Renato Gaúcho. Em entrevista ao programa “Aqui com Benja“, dos canais FOX Sports, o meio-campista Maicon analisou o revés sofrido e achou injusto, pois o Tricolor sofreu gols que não costumava levar.

— Eu gosto muito de futebol e analiso as equipes muito bem. Eu vejo que aquele dia fomos para o jogo com uma proposta igual como jogamos contra o River, no Monumental (2018). Jogar com um time alto e com os caras bons na defesa porque a gente estava desfalcado… Jogando com o Paulo Miranda na (lateral) direita, Kannemann, Geromel e Cortez, nossa defesa estava protegida, e mais o Michel de primeiro volante. Cinco caras bons de bola aérea. Jogou eu, Matheus Henrique, Everton, Alisson e André. Cinco caras para atacar -, disse, antes de prosseguir:

— Nós acabamos tomando quatro gols de bola parada, que nossa equipe não tomava muito. Chegamos numa decisão com um time fraquejado, abaixo do Flamengo. Sabíamos que ia ser difícil, mas não como aconteceu. Tomamos gols rápidos e em sequência. Foi um jogo que fugiu do (padrão) que seria. Era jogo para 1 a 0, 2 a 1… Foi um jogo que não condiz com o que seria as duas equipes. Era a mesma coisa se fosse 5 a 0 para nós no Maracanã -, declarou.

Flamengo e Grêmio voltam a se encarar na noite de quarta-feira (19), dessa vez pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor continua com Renato Gaúcho no comando, enquanto o Rubro-Negro trocou de técnico, saiu Jorge Jesus e chegou o catalão Domènec Torrent. O duelo entre as equipes terá início às 19h15 (horário de Brasília), no Maracanã.