Diego deixa ‘escapar’ decisão sobre futuro e movimenta torcida do Fla na web; Marcos Braz também entra na interação

Negociando a renovação com o Fla, Diego interagiu com Braz nas redes sociais e movimentou a torcida. Nas entrelinhas, um acordo para permanência do meio-campista soou positivamente e gera grande debate

Foto: Buda Mendes/Divulgação

Bolavip: Com um elenco estrelado, o Flamengo coloca como principal foco a manutenção do plantel que é tido como o mais competitivo do futebol brasileiro. Com grandes títulos conquistados nos últimos anos, muitos destaques do Rubro-Negro acabam sendo monitorados por times do futebol estrangeiro.

Um caso que foi tentado a permanência e não deu certo foi o de Rafinha, titular, que defenderá o Olympiacos, da Grécia. Nesta segunda-feira (17), o jogador, em entrevista coletiva no Ninho do Urubu, se despediu dos demais companheiros. Com a baixa, a diretoria já se movimenta por um reforço para o setor.

Outra situação que gera grande debate nos bastidores é a renovação de Diego, cujo o vínculo vai somente até o fim da temporada. Com a proximidade do acordo, já pode assinar um pré-contrato com qual outra equipe. Recentemente, um retorno ao Santos chegou a ser especulado, mas sem um avanço.

Nesta noite, através das redes sociais, o meia e o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, movimentaram a torcida. O mandatário postou um vídeo com um gol do Sampaio Corrêa contra o Bahia com a legenda: “Nem Pele fez’, fazendo jus ao tento do meio-campo que o rei do futebol não conseguiu anotar em sua carreira.

Em seguida, Diego respondeu a postagem: “Um gol desse é só pra quem tem sangue rubro-negro, chefe! hehehehe”, relembrando quando marcou um gol semelhante quando atuava pelo futebol alemão. Na sequência, Braz novamente respondeu: “Ainda bem que só “ falei“ do Pelé rsrsrs”, brincou.

A interação gera um clima de positividade e deixa nas entrelinhas uma renovação do meia. Nos últimos dias, o Mengão iniciou conversas pela primeira vez para a prorrogação do medalhão e o acordo não deve ser problema, já que os vencimentos estariam dentro do teto estabelecido pela diretoria.

Deixe uma resposta