Abel diz que atingiu objetivos no Flamengo e vê exagero nas críticas recebidas

Treinador acredita que cumpriu o objetivo traçado até sua saída

Abel Braga time
FOTO: LUCAS MERÇON /FLUMINENSE

Há pouco mais de um ano, Abel Braga deixou o Flamengo de forma conturbada. Mesmo após um primeiro semestre com títulos, o treinador saiu do clube após pressão de grande parte da torcida e por se sentir “traído” pela diretoria.

Hoje sem clube, Abel Braga comentou sobre a sua saída do Flamengo e a pressão que recebia por diversas críticas. Em entrevista ao programa Aqui com Benja, o ex-treinador rubro-negro afirmou que existe um certo exagero nas cobranças feitas a ele:

“Eu acho que houve um pouco de exagero. Tudo aquilo que, até aquele momento, era o que o Flamengo queria, foi conseguido. Conseguimos, com 11 dias de treinamento, ganhar a Florida Cup, jogando contra o Ajax. Ganhamos a Taça Rio e o Campeonato Carioca. Classificamos em primeiro na Libertadores, fato que não acontecia há 11 anos.”

Sua passagem pelo Flamengo ficou marcada também por uma frase dita em uma coletiva de imprensa pós-derrota para o Inter no Campeonato Brasileiro, quando afirmou que “perder para o Inter no Beira-Rio é normal”.

A frase repercutiu mal entre a torcida, mas Abel continua com a visão e não retira o que disse:

“Eu não posso dizer aquilo que você quer que eu diga. Talvez, não deveria ter falado. Perder para o Inter em Porto Alegre não é normal? Mas, talvez, o torcedor do Flamengo não goste. (…) Poderia não ter dito? Está bem. Mas, você, lá no fundo, sabe que é normal. Tem coisas que, pela paixão do torcedor, poderia ter falado de forma diferente ou não ter falado”.

Depois do Flamengo, Abel Braga treinou outros dois clubes, em que deixou má impressão e acabou saindo no meio do contrato: o Cruzeiro em 2019 e o Vasco em 2020. Desde então, está sem clube esperando novas oportunidades.