Rede Globo coloca 70% dos jogos do Fla no PPV para recuperar assinantes perdidos

Flamengo e Rede Globo viveram momentos tensos no início deste ano. O Rubro-Negro liderou o movimento da Medida Provisória 984, que dá ao mandante o direito exclusivo de negociar as transmissões dos jogos. A emissora, no entanto, se incomodou e entrou na justiça contra a permissão de que o Fla transmitisse as partidas do Campeonato Carioca. Em meio ao imbróglio, a Globo rompeu com os clubes e a federação do Rio de Janeiro. Mas, agora, a TV espera que o Mais Querido a ajude.

Isso porque, a Rede Globo perdeu cerca de 450 mil assinantes no pay-per-view durante o período da pandemia – 1/4 das pessoas que assinaram até o final de 2019. A emissora deseja recuperar, pelo menos, 200 mil clientes. Para isso, colocou 70% dos jogos do Flamengo no PPV. A informação foi publicada primeiramente pelo jornalista Rodrigo Mattos, em seu blog no Uol Esporte.

O Flamengo sequer terá partida transmitida no SporTV, outro canal por assinatura da Rede Globo. Dos 10 primeiros jogos no Campeonato Brasileiro, apenas três passarão em TV Aberta, enquanto os outros sete estarão inseridos exclusivamente no Premiere. A emissora, no entanto, se preocupa com a intenção da Turner em usar a Medida Provisória para transmitir confrontos.

A Turner pegou três jogos do Flamengo como visitantes, diante de Coritiba, Bahia e Ceará, e demonstrou interesse em transmiti-los na TNT, ou seja, canal fechado. A Globo, no entanto, entende que assinou contrato de exclusividade com os clubes e está inclinada a levar o embate para a justiça.