Flamengo busca ex-auxiliar de Pep Guardiola como sucessor de Jorge Jesus

Rubro-negro conversará com o treinador do Manchester City nesta segunda-feira. Reunião com Domènec Torrent pode acontecer ainda nesta semana.

A difícil missão de substituir Jorge Jesus faz com que os caminhos de Flamengo e Pep Guardiola se cruzem: Domènec Torrent, auxiliar do catalão no Barcelona, Bayern de Munique e Manchester City, está na mira do rubro-negro. A informação, divulgada pelo jornalista Mauro Cezar Pereira no UOL no domingo (19), foi confirmada pelo Esporte Interativo junto a fontes ligadas tanto ao Flamengo quanto a Torrent.

Na busca sem urgência por um treinador que siga a escola de Johan Cruyff e Guardiola, o clube carioca vê em Domènec uma interessante possibilidade. Representantes do rubro-negro vão ter uma ligação com o treinador do Manchester City nesta segunda-feira (20) em busca de mais referências sobre o possível novo comandante, e viajam para a Europa ainda nesta semana para, entre outros compromissos, uma provável reunião com o próprio Torrent na Espanha. O lateral-direito Rafinha, que trabalhou com Pep e Domènec no Bayern de Munique, tem sido a ponte utilizada pelo Flamengo para esses contatos.

Único trabalho de Torrent como treinador foi nos Estados Unidos

O estilo de jogo que o rubro-negro projeta é na linha do próprio Jorge Jesus, que por diversas vezes fez referência a Cruyff nas entrevistas durante a passagem pelo clube. A classificação para as quartas-de-final da Libertadores passada, ao eliminar o Emelec, é um exemplo: “a minha equipe tem uma forma de jogar para a frente, então é importante saber defender bem. Sou grande fã de um grande treinador: Johan Cruyff. Ele dizia que preferia ganhar de 5×4 do que 1×0.”

Auxiliar de Pep desde o início da carreira de treinador do catalão no Barcelona B, Domènec Torrent deixou o Manchester City em junho de 2018 para iniciar o próprio sonho de ser técnico principal. Logo em seguida, assumiu o New York City FC – que pertence ao mesmo grupo do primo inglês – onde ficou até novembro do ano seguinte. Neste período, o clube estadunidense alcançou a classificação para a Liga dos Campeões da CONCACAF pela primeira vez na história.

Em entrevista para ao site Globo Esporte, em maio, Domènec revelou que acompanha o futebol brasileiro: “ultimamente vi muito o Flamengo porque estava sendo líder e no fim foi campeão. Olhava o São Paulo, porque lá está Dani Alves, no Flamengo estava Rafinha, e também jogadores que estiveram na Espanha, Filipe Luís por um lado e por outro o Juanfran.”

No tour rubro-negro pela Europa, Portugal também está entre os destinos. Os nomes de Leonardo Jardim e de Marco Silva estão mais distantes, já que ambos indicaram que não deixariam a Europa agora, enquanto o de Carlos Carvalhal ganha força entre as opções viáveis. O Flamengo tem cautela na decisão – quer evitar uma sequência de respostas negativas e aguarda pelo tiro certo na busca da sucessão do legado de Jorge Jesus.

Fonte: Esporte Interativo