Com a saída de Jorge Jesus, Flamengo perde toda a comissão técnica

Nesta sexta-feira (17), Jorge Jesus se reuniu com os diretores do Flamengo para comunicar a sua saída do Mais Querido. Com a saída do Mister, o Rubro-Negro não perde apenas o treinador, mas também os seis portugueses que integram a comissão técnica.

Em nota oficial, o Flamengo desejou sucesso ao ex-treinador e os seus companheiros de comissão técnica, e deixou clara a saída de todos os membros.

Segundo informações do Globo Esporte, Evandro Motta, coah do Mais Querido e único brasileiro da comissão, também não vai permanecer no clube.

Confira a nota do Rubro-Negro:

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que, em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (17), o técnico Jorge Jesus comunicou que, exercendo seu direito contratual, está se desligando do Clube para voltar para Portugal. Apesar de lamentar a perda de seu vitorioso técnico, o Flamengo respeita esta decisão pessoal.

Nos 13 meses que Jorge Jesus dirigiu nosso time de futebol profissional, o Flamengo teve uma performance espetacular, conquistando a Copa Libertadores (2019), o Campeonato Brasileiro (2019), a Supercopa do Brasil (2020), a Recopa Sul-Americana (2020), a Taça Guanabara (2020) e, na última quarta-feira (15), o Campeonato Carioca (2020).

Em nome de toda a diretoria e dos 42 milhões de rubro-negros que formam a Maior Torcida do Mundo, o nosso maior agradecimento a ele e toda sua comissão técnica por tudo o que foi feito e o nosso desejo que continuem mantendo o enorme sucesso como tiveram conosco.

O Flamengo, seguindo o que seu hino preconiza – e que tão bem Jorge Jesus representou – continuará no seu objetivo de sempre: Vencer, vencer, vencer!“