Após vitória do Flamengo, Jesus elogia postura do Fluminense e questiona expulsão de Gabigol: “Coisa de louco”

Treinador elogia a postura do adversário, que, em sua visão, tentou vencer a partida durante todo o confronto

Terminada a primeira partida da final do Campeonato Carioca 2020, Jorge Jesus elogiou a postura do Flamengo na vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense neste domingo, no Maracanã. O treinador elogiou a postura do adversário, que, em sua visão, buscou a vitória o tempo todo. Em contrapartida, questionou a expulsão de Gabigol no minuto final do confronto.

– Importante que venceu. Na disputa pelo troféu em dois jogos, estamos em vantagem. Esse jogo foi mais bem disputado e dividido. Hoje o Fluminense jogou para ganhar, esteve sempre à procura da vitória, assim como a equipe do Flamengo. Foi um jogo muito mais espetacular, mais bem jogado e bem mais emotivo.

– Ganhou o Flamengo. Durante o jogo, o Flamengo sempre foi mais equipe, mas hoje, ao contrário do que disse na última semana, o Fluminense quis jogar para ganhar. Parabéns às duas equipes. Não dá para perceber (entender) a expulsão do Gabigol, é uma coisa de loucos.

Ao elogiar o Tricolor, Jesus destacou que a postura foi bem diferente, de acordo com sua visão, em relação ao jogo da última quarta-feira, quando opinou de que o rival se postou para evitar um placar elástico.

– Não é loteria. Não foi por sorte que o Fluminense ganhou. Quando se ganha nos pênaltis, é porque teve competência, foi melhor que nós nas penalidades. O Fluminense jogou para isso, para não perder, para não perder por muito. Nas grandes penalidades, que era aquilo que poderia acarretar, e que acarretou, que era melhor. E parabéns – afirmou Jesus após o título tricolor na Taça Rio, na última quarta-feira.

Fonte: GloboEsporte