Mauro Cezar espera Flamengo ‘com a faca entre os dentes’ em nova decisão e vê Flu mais frágil com Fred

Após perder nos pênaltis para o Fluminense a final da Taça Rio, o Flamengo já mira a disputa do Carioca contra o time das Laranjeiras. Para Mauro Cezar, o Mais Querido terá uma postura completamente diferente por conta da apresentação ruim da última quarta-feira (08).

– O time vai jogar melhor. Não é possível que esse time jogue tão mal. O grupo de jogadores é muito competitivo e vai entrar com a faca entre os dentes por conta desse jogo ruim e da derrota nos pênaltis. Primeira taça que o Jesus perdeu no Brasil desde que perdeu pra o Athletico-PR, no Maracanã.

O comentarista ainda destacou a dúvida que Odair Hellmann pode ter com Fred. Na opinião de Mauro Cezar, o Fluminense pode perder força defensiva e ser menos competitivo se o camisa 9 estiver em campo.

– Se o Ganso tiver em condições, vai ficar no banco como em outras vezes. O problema é o Fred, se ele for para o jogo, o que faz o Odair Hellmann? Para o bem do Fluminense, o ideal seria o Fred de cara chegar o técnico e colocasse: “Fique a vontade para me deixar no banco, posso ser uma arma para entrar durante o jogo”. Com ele, você tira algum jogador e pode perder poder de marcação, para ficar esperando a bola chegar.

Analisando a situação das equipes, Mauro Cezar aponta o favoritismo para o Flamengo. O comentarista destacou que a postura do rival deve ser a mesma adotada na final da Taça Rio.

– O Fluminense tem que manter a sua postura, a chance do Fluminense contra o Flamengo é jogando dessa maneira. Ao contrário do Inter, treinado pelo Odair Hellmann, pela Libertadores e jogou só se defendendo e foi atacar depois de levar os gols, dessa vez criou antes de fazer 1 a 0. O time saiu mais e tinha uma válvula de escape para tentar incomodar o Flamengo.