Volta Redonda foi um grande aliado do Flamengo no Carioca 2020

Foto: Divulgação

Líder do Grupo A, o Flamengo tem como adversário na semifinal da Taça Rio hoje (3), às 16h, no Maracanã, o Volta Redonda, segundo colocado no Grupo B e que, fora de campo, se tornou o principal aliado entre os clubes de menor investimento.

À frente na luta pela volta do futebol em meio a pandemia do coronavírus, o Rubro-negro contou com a ajuda política da agremiação do interior do Estado nos ferrenhos debates ocorridos nos arbitrais promovidos pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj).

Em algumas ocasiões, o presidente do Voltaço, Flávio Horta, chegou a peitar Botafogo e Fluminense, dupla que foi radicalmente contra o retorno das atividades e tem atuado no Estadual sob forma de protesto.

O estreitamento entre as diretorias também se estendeu na polêmica envolvendo os direitos de transmissão. Após o Rubro-negro “declarar guerra” à Globo e levar a melhor – tendo autorização jurídica para transmitir exclusivamente a partida contra o Boavista – o Volta Redonda cogitou fazer o mesmo no duelo da última quinta-feira (2) contra o Resende no Maracanã.

Na ocasião, o Voltaço consultou o Flamengo em relação à estrutura para a exibição do jogo e chegou a fazer um acordo para utilizar a produtora que a Fla TV trabalha com um preço acessível, mas com menos recursos.

De última hora, porém, a “Voltaço TV” decidiu por apenas enviar uma equipe para realizar a transmissão no estádio, mas sem as imagens do jogo, somente com a narração, os comentários e as entrevistas pré e pós-partida.

Com a definição do enfrentamento na semifinal, as diretorias agora conversam para que o Volta Redonda também obtenha algum tipo de receita no duelo, já que o Flamengo é o mandante e fará uma transmissão exclusiva em uma plataforma privada mediante ao pagamento de R$ 10 a quem não for sócio.

Volta Redonda elimina Vasco e vira “intruso” nas finais

O Volta Redonda chega para as semifinais como o “intruso” entre os grandes do Estado. A equipe do interior ficou na frente do Vasco no Grupo B e garantiu a segunda vaga, eliminando o Cruzmaltino do Campeonato Carioca.

O time do técnico Luizinho Vieira tem como destaque o atacante João Carlos, que divide a artilharia da competição com Gabigol, do Flamengo, com oito gols.

O nome conhecido do elenco é o do meia Bernardo, ex-Vasco, que atua com a camisa 10.

Fla a dois jogos do título carioca

O Flamengo está a dois jogos de conquistar o Campeonato Carioca de maneira antecipada. Por ter sido campeão da Taça Guanabara e ficado em primeiro lugar na classificação geral, o Rubro-negro levará o caneco do Estadual se conquistar a Taça Rio

UOL: Alexandre Araújo e Bruno Braz