Diretoria do Flamengo toma a frente e se posiciona após comentário de Flávio Gomes

O comentário do jornalista causou um grande impacto nas redes sociais; torcedores do Flamengo exigem um posicionamento oficial da FOX

Flavio Gomes - Reprodução Internet

O desentendimento entre Flávio Gomes, comentarista do FOXSports, e Flamengo ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira (29). Durante o programa ‘Fox Sports Radio’, o jornalista afirmou que o clube está sendo defendido por ‘milícias digitais , referindo-se aos comentários feitos por torcedores rubro-negros. O ocorrido agitou a torcida do Mais Querido na web. 

“A gente começa a ficar temeroso de criticar o Flamengo, de contestar, porque daqui a pouco aparecem as milícias digitais e marcam os dirigentes do clube: ‘E aí, Dunshee, não vai processar fulano porque falou tal coisa do nosso Flamengo?’ É o caminho muito perigoso, que está transformando o Flamengo num clube antipático e arrogante, declarou Flávio. 

O fatídico comentário chegou na diretoria carioca. Rodrigo Dunshee, vice-presidente jurídico do clube, foi procurado pelo “Paparazzo Rubro-Negro” e comentou sobre a fala do jornalista. A nação rubro-negra ‘invadiu’ as redes sociais da FOX com o intuito de exigir um posicionamento oficial da emissora sobre o ocorrido. 

Não temos nada contra recebermos críticas. Isso é parte do processo. As críticas boas colaboram e as que consideramos ruins ou descabidas ignoramos. O Flamengo não processa todo mundo. Existem apenas 2 processos.  Um jornalista que inventou que o Flamengo tinha contabilidade paralela e outro que nos chamou de maus-carácteres”, declarou o vice-presidente jurídico do clube. 

Em março, o Flamengo protagonizou uma polêmica envolvendo o jornalista Gian Oddi, da ESPN Brasil. Após comentários negativos do comentarista sobre a diretoria rubro-negra, Dunshee anunciou à época que o clube iria tomar medidas drásticas e resolver o caso na Justiça. Na situação de Flávio Gomes, nenhum outro dirigente flamenguista se posicionou até o momento. 

Eventualmente pedimos direito de resposta para prestar esclarecimentos de fatos que entendemos foram expostos de forma errada. Nada além disso. Desde que nao imputem fato criminoso sem prova e não nos ofendam como acima demonstrado, prezamos pela total liberdade de expressão”, completou Dunshee.

Fonte: bolavip.com