Flamengo compra mais 900 exames de coronavírus para seguir testando atletas e funcionários

jogadores testes para covid-19
FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Desde a paralisação das competições por conta do novo coronavírus, o Flamengo estuda as maneiras mais seguras para que atletas e funcionários possam trabalhar no Ninho do Urubu. O clube também tem realizado exames com frequência e comprou mais 900 testes para seguir monitorando todos os envolvidos com o futebol.

A informação foi divulgada pelo jornalista Fred Huber, do Globo Esporte. O Mais Querido já tinha comprado 600 testes e é referência para outras equipes com a maneira de retornar aos treinos e os protocolos de segurança que foram criados.

A primeira bateria de testes aconteceu no dia 6 de maio, quando 293 pessoas realizaram os exames e 38 foram diagnosticadas com o vírus. Desde então, o Mais Querido vem monitorando atletas, membros da comissão técnica e familiares com frequência, e nenhum novo caso foi registrado.

Para os jogos do Campeonato Carioca, todos os envolvidos estão sendo testados antes das partidas. Para Flamengo e Bangu, no Maracanã, uma câmara de desinfecção foi instalada para a passagem das pessoas, além do uso obrigatório de máscara e álcool em gel.

Fonte: ColunaDoFla