Técnico do Botafogo critica FERJ e dispara contra presidente Landim: “Está babando o ovo deles”

Flamengo vai depositar em juízo
Andre Melo Andrade/AM Press/Lancepress!

Após mais de 90 dias de paralisação do campeonato, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro retomou com as partidas, tendo o primeiro confronto entre Flamengo e Bangu como reestreia. No entanto, a posição da entidade de querer voltar com a competição foi criticada por duas equipes, Botafogo e Fluminense. Os dirigentes dos dois clubes cariocas não concordam com o retorno do torneio neste momento, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista ao Jornal O Globo, o técnico do clube alvinegro, Paulo Autori criticou a postura da FERJ e declarou que o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim e os integrantes da federação enxergam apenas os próprios interesses.

— Você vê… o Bandeira (ex-presidente do Flamengo) estava brigado com a federação. Aí eles criavam problema com a administração do Bandeira. Saiu, entrou o Landim. E o Landim está babando o ovo deles… Então eles só têm como objetivo o interesse deles próprios. A outra coisa é o seguinte: jogadores são descartáveis. Não há a mínima preocupação de salvar a integridade dos jogadores quando você define uma volta completamente fora de propósito, onde todo o Brasil tem os mesmos problemas. Tem os problemas dos contratos das equipes pequenas. Você vê a Inter de Limeira, lá em São Paulo, perder jogadores. O Mirassol perdeu jogadores. E você não vê esse açodamento em voltar.

—Eu não vejo qualquer justificativa que faça o Carioca voltar agora. E campeonato vai ter que parar para esperar o Brasileiro começar. E ele só vai começar quando os outros Estaduais terminarem. Então o que vai se fazer neste tempo parado, quando seria muito mais sensato, em ritmo de jogo, terminar logo os Estaduais e começar o Brasileiro? Todos vão fazer isso, menos o Carioca.