Em cenário positivo, Flamengo prevê receber até R$ 55 milhões de patrocinador master

O Flamengo tem se estruturado fortemente nos bastidores do futebol, para tentar ganhar ainda mais títulos dentro das quatro linhas. Não à toa, em meio à recessão econômica no Brasil, o Rubro-Negro se desprendeu disso e conseguiu fechar um patrocínio master histórico. Além de valor fixo, existem variáveis no contrato que podem fazer com que o Fla receba até R$ 55 milhões do BRB, novo patrocinador do time carioca.

Quem falou sobre o assunto foi Luiz Eduardo Baptista, o Bap, vice-presidente de relações externas do Flamengo. O dirigente revelou que o Rubro-Negro irá receber R$ 32 milhões fixos anuais – R$ 96 milhões pelos três anos de patrocínio. Porém, a quantia pode aumentar consideravelmente, pois o Fla receberá percentuais por produtos vendidos pelo BRB.

— O BRB vai aportar R$ 32 milhões fixos (em cada um dos três anos de acordo). Quando apareceu isso, a gente não teve muita dúvida. Em alguns produtos como cartões de crédito, debito e contas, teremos participação. Se florescerem os resultados, poderemos chegar a uns R$ 55 milhões no terceiro ano. O Flamengo não quer só um patrocinador, quer parceiro de negócios -, disse ele ao UOL Esporte, antes de prosseguir:

— Tínhamos três ofertas antes da pandemia. A gente se aproximou econômica e conceitualmente da Amazon, mas eles alegaram que o momento não justificava (o investimento). Com a proposta menor, ficou desinteressante -, acrescentou Bap, que disse não haver nada de concreto para a comercialização da manga do uniforme.

Além de expor a marca na parte de frente da camisa, o Flamengo se tornou sócio do novo patrocinador. O Rubro-Negro vai passar a ter lucros com um banco digital que ainda será criado. Falta, no entanto, o Conselho Deliberativo do clube aprovar o contrato entre as partes.

Retirado de: ColunaDoFla!