José Aldo relembra ‘missão’ para ver final da Libertadores e garante: “Emoção maior só no nascimento da minha filha”

O Flamengo voltou a ser campeão da Libertadores na última temporada, e a conquista em Lima ficará marcada na memória de todos os rubro-negros. Mesmo com luta marcada próximo ao dia 23 de novembro de 2019, José Aldo largou todos os compromissos para acompanha o clube do coração.

– A gente estava com a luta marcada em dezembro, aí veio o momento de esquecer tudo. Falei com o Dedé (Pederneiras): ‘É um pedido de filho, não é o atleta. Eu vou para Peru ver o Flamengo ser campeão’ -, disse em entrevista à ESPN.

O lutador brasileiro lembrou da correria que enfrentou no dia da partida, mas garantiu que a emoção de ver o Flamengo campeão da Libertadores só perde para o dia do nascimento de sua filha.

– Fui, cheguei no dia do jogo umas 11h, passei no hotel, tomei banho e fui para o estádio de mochila. Na saída do estádio, fomos campeões, fui direto para o aeroporto pegar o voo de volta. Estava na dieta, próximo da luta, mas tinha o sonho de ver o Flamengo. Emoção maior só no nascimento da minha filha.

Fonte: ColunaDoFla