Visitante contra o Bangu, Flamengo assume prejuízo de R$152 mil com realização de partida

Com os portões do Maracanã fechados, o Campeonato Carioca teve seu reinício na última quinta-feira (19), em um confronto disputado entre Flamengo e Bangu, válido pela quarta rodada da Taça Rio. A falta de renda de bilheteria, junto com o aluguel do estádio, despesa operacional e contas de consumo, geraram um prejuízo de R$152.609,16 mil para a realização da partida. Todavia, apesar de ser o visitante no confronto, o Rubro-Negro fez um acordo com o Bangu e assumiu a dívida, se tornando responsável pelo pagamento das despesas.

Conforme consta no boletim financeiro da partida, divulgado pelo Globo Esporte, os valores de maior destaque são o aluguel do Maracanã, em R$30 mil, despesa operacional, no valor de R$56.111,24 e contas de consumo, R$45 mil. Além das principais gastos, o Rubro-Negro também arcou com despesas de arbitragem, delegado e ouvidoria, com seus respectivos impostos, taxa de bombeiros e seguro do estádio.

Confira o Borderô:

O duelo entre Flamengo e Bangu marcou a retomada do futebol no Estado do Rio de Janeiro e, após a paralisação, o Mais Querido mostrou que voltou pronto para grandes conquistas em 2020. O próximo compromisso do Mengão está marcado para a quarta-feira (24), contra o Boavista, sem horário definido.