Outra discussão que toma conta da roda entre amigos Flamenguistas é o questionamento entre idolatria a Adriano Imperador e Gabriel, para o Flamengo. Eu não vou discutir idolatria, por ser muito pessoal, mas irei trazer fatos para analisarmos quem foi melhor e maior com a camisa do Flamengo.
Reafirmando, quem foi melhor com a camisa do FLAMENGO, já que em carreira e como jogador eu acho o Adriano melhor, com potencial para ter sido o melhor jogador do mundo e ser o camisa 9 da seleção, quiça, até hoje!

Agora vestindo rubro-negro, a grandiosidade se equipara, um chegou em 2009 em um time desacreditado que estava há 17 anos sem ganhar o campeonato brasileiro, chegou para ser o responsável junto com o Pet para a conquista do Hexa e artilheiro da competição marcando 19 gols. E claro, há todo um enredo que liga a história do Adriano com muitos flamenguistas, algo simbólico pelo fato do Imperador tentar buscar a felicidade jogando em casa, por ele gostar da favela e ter DNA rubro-negro, isso faz Adriano também ser muito memorável. Em 2010, Flamengo de Imperador fez sua melhor campanha da década naquele ano na Libertadores, chegando até as quartas de finais, mas com um desempenho do famoso Império do Amor, com o Love, até regular. Após a eliminação na Libertadores e ter ficado de fora da lista da Copa de 2010, Adriano voltou para a Itália. Foram 45 gols ao todo com a camisa do Flamengo, na segunda passagem foram 35 gols em 47 partidas e um título Brasileiro.

E Gabigol? Também chegou com em um momento complicado para o time, mas não de desconfiança e sim onde as expectativas eram muitíssimas altas em um elenco recheado de craques e estrelas, após um ano complicado em 2017 e 2018, onde o time bateu na trave de títulos importantes. Mas não tem jeito, Gabriel fez um ano avassalador e quebrador de recordes, fora que já foi campeão em só em único ano de uma tríplice coroa inesquecível. Talvez não possua a mesma potencia que Adriano em sua perna esquerda, mas o que faz o Gabriel diferente é a percepção de posicionamento para marcar seus gols e ser artilheiro de tudo que disputa.

Leia também: Flamengo arrecada R$ 102 mil para doações a comunidades do Rio de Janeiro; veja números

Para alguns o Adriano pode ser até considerado MAIOR, por toda a história que envolve as origens do jogador e por um título brasileiro memorável também, mas em relação a quem foi melhor, nessa disputa o Gabriel leva, pelo fato de um curto período de tempo ter igualado e ultrapassado os feitos de Adriano em números e títulos. Se montasse uma prateleira de Idolatria pelo o que foi feito em campo, Gabriel merece estar em um pódio acima do Adriano.

Fonte: Urubu interativo