Desde a suspensão das atividades e competições esportivas, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro tem se reunido com representantes dos clubes para debater possíveis caminhos para o retorno do futebol. Ao final de diversas videoconferências, foi criado um protocolo de “Jogo Seguro” com recomendações médicas para a volta das atividades, respeitando a “total anuência dos órgãos governamentais, e do Ministério da Saúde”. Todavia, nesta semana, o Flamengo reabriu o Ninho do Urubu e realizou treinos, indo contra as determinações do protocolo.

Na última segunda-feira (18), jogadores e comissão técnica estiveram no centro de treinamento para a realização de novos testes da Covid-19 e foram submetidos a uma série de avaliações físicas. Nesta quarta (20), o Globo Esporte registrou, através de imagens aéreas, treinos no Ninho do Urubu. As atividades contrariam o decreto de isolamento social do Estado do Rio de Janeiro, que não autorizou o retorno do futebol.

Vale destacar que o chefe do departamento médico do Flamengo, Dr. Márcio Tannure, foi um dos principais envolvidos na Comissão Médica Especial Temporária, responsável pela criação do documento que lista diversas recomendações de segurança para a volta gradativa dos treinamentos e, no futuro, das competições.

Conforme consta no protocolo, a Comissão tem como objetivo “elaborar esse documento sugerindo medidas protetivas que possam viabilizar a retomada das atividades de treinamento e, posteriormente competições de forma segura, após a devida liberação pelos órgãos governamentais e organizações de Saúde Pública”.