Revelado no Vasco, Felipe abre o jogo sobre ida para o Flamengo: “Sabia que iria existir desconfiança”

Multicampeão com a camisa do Vasco, Felipe resolveu aceitar o desafio de jogar no Flamengo em 2003 e lembra bem da ótima passagem que teve pelo clube. O jogador defendia o Galatasaray, da Turquia, antes de acertar a vinda para o Rubro-Negro. Em entrevista concedida ao programa “Papo de Boleiro”, da Rede Bandeirantes, o ex-meia recordou a ida para o Fla.

– Poucas pessoas sabem, mas eu fui para o Galatasaray, da Turquia, e tive problemas de salários atrasados, algo que eu não esperava. Meus empresários fizeram contatos com alguns clubes do Brasil, do Rio de Janeiro principalmente. No Vasco, tinha o Petkovic, o Marcelinho Carioca também estava, e o Flamengo demonstrou interesse -, revelou o ex-jogador, completando:

– Acho que o Vasco não queria o meu retorno na época, até porque já tinha alguns bons jogadores ali no meio de campo, e nessa época eu já estava no meio. O Flamengo me fez uma proposta, eu sabia que iria ser um desafio muito grande, sabia que iria existir desconfiança. Mas sabia que teria que mostrar em campo, jogar muito bem, e graças a Deus foi o que aconteceu -, completou.

Felipe foi o protagonista do Flamengo na campanha do título carioca de 2004. Capitão e camisa 10 do Rubro-Negro, o jogador se destacou caindo mais pela ponta direita do ataque e foi o principal nome do time que bateu o rival Vasco da Gama e faturou o Estadual daquele ano. Aos 42 anos, o ex-jogador integrava a comissão técnica da Ponte Preta, mas deixou a equipe no fim de 2019.

Publicado em coluna do flamengo