O Flamengo se reforçou bastante para continuar tendo o melhor elenco do Brasil e disputando todos os títulos possíveis em 2020. A diretoria rubro-negra trabalhou firme nas contratações e os valores foram divulgados no balanço financeiro do clube no primeiro trimestre do ano.

Além de Gabigol, que já estava no clube, mas teve que ser comprado em definitivo da Inter de Milão, o Flamengo conseguiu dois nomes por empréstimo para o ataque: Pedro e Pedro Rocha.

No balanço divulgado pelo Flamengo, a diretoria desembolsou R$ 5,06 milhões para ter a dupla à disposição de Jorge Jesus na atual temporada, com opção de compra definitiva para o próximo ano.

A maior parte ficou na contratação de Pedro, que estava na Fiorentina. No total, foram R$ 3,7 milhões. Desse valor, R$ 3,1 milhões foram destinados ao clube italiano, R$ 225 mil para Agência 90 Minutos, e R$ 364 mil para a Football Capitall, empresa que cuida da carreira do jogador.

O valor por Pedro Rocha ficou em R$ 1,3 milhão, que foram para a Hws Intermediações e Negociações. A empresa foi quem fechou o empréstimo do atacante que pertence ao Spartak Moscou, da Rússia.

Pedro já disputou nove jogos com o Manto Sagrado, e balançou as redes em nove oportunidades. Pedro Rocha não conseguiu ter tantas chances e disputou apenas uma partida pelo clube. A participação do camisa 32 diante da Portuguesa durou apenas 54 minutos.