Presidente de sindicato revela ‘receio’ de atletas do Flamengo, mas garante: “É muito claro que querem voltar”

Visando o retorno das atividades no Ninho do Urubu, o Flamengo segue tomando todas as medidas de segurança necessárias para a volta aos treinos e aguarda, apenas, uma liberação das autoridades. Nesta quarta-feira (13), o presidente do Sindicato dos Atletas, Alfredo Sampaio, em entrevista ao canal Venê Casagrande, revelou detalhes das conversas com os jogadores do Flamengo sobre a um possível retorno ao centro de treinamento.

– Conversamos de uma forma tranquila e ficou entendido que o retorno vai depender da sequencia de recuperação dessas pessoas. A situação no Flamengo ela é diferente, foi o único clube que eu tenha conhecimento que aplicou os testes, teve os resultados e deu positivo inclusive nos atletas ,então naturalmente estão se resguardando em um momento delicado como esse -, afirmou Alfredo, antes de continuar:

– O que é muito claro é que eles querem voltar, como todos os demais. Sentem falta do trabalho do futebol, de jogo e treino. Sabem que tem que treinar pela importância das competições, mas naturalmente detém a preocupação como todos os demais… O receio deles, desde o início, e não só do Flamengo, mas de todos, é a contaminação extensiva à parentes, filhos… Essa é a grande preocupação -, garantiu.

Para garantir a segurança dos atletas, o Flamengo realizou os testes para Covid-19 em todos os jogadores, membros do departamento de futebol, funcionários e familiares. Além disso, adquiriu um equipamento chamado “ProCOV”, que ficará no Ninho do Urubu e atuará como esterilizador.

Fonte: colunadofla