Conmebol reafirma compromisso no retorno do futebol com todas as medidas de prevenção necessárias

Nesta quarta-feira (13), o Conselho da Conmebol se reuniu por videoconferência para discutir e analisar os possíveis cenários do futebol nos próximos meses em meio à pandemia do novo coronavírus, que afeta principalmente o Brasil, o maior país do continente. Os membros concordaram em retomar as competições somente quando as condições melhorarem e todas as medidas de prevenção forem adotadas pelos clubes e federações.

Como uma forma de ‘ajudar’, a entidade sul-americana destinou 79 milhões de dólares para a pandemia, e o valor será distribuído da seguinte forma: 55 milhões adiantados aos clubes, 10 milhões adiantados da Copa América para as Associações e 14 milhões para Fundos de Evolução.

Veja os pontos discutidos na reunião da Conmebol:

  • O Conselho da CONMEBOL reuniu-se hoje por videoconferência e analisou os possíveis cenários do futebol continental nos próximos meses, concordando em retomar as competições quando as condições sanitárias o permitirem.
  • No encontro também foi confirmada a entrega de 14 milhões de dólares às Associações Membro procedentes do Fundo Evolução. Esta inversão alcançará mais de 400 clubes do futebol sul-americano.
  • Até o momento, e de acordo com o calendário FIFA, as Eliminatórias para o Mundial Catar 2022 serão mantidas sem modificações.
  • O máximo órgão da Confederação voltará a se reunir nas próximas semanas para analisar novamente a situação do futebol sul-americano.

“A CONMEBOL continua trabalhando para o retorno do futebol com todas as medidas de prevenção necessárias, por isso o Conselho da Confederação se reuniu hoje através de videoconferência e analisou os possíveis cenários que o futebol sul-americano deverá afrontar nos próximos meses.

O Conselho reafirmou seu compromisso de ter sempre como requisito fundamental o cumprimento de todas as medidas de prevenção necessárias determinadas pelas autoridades sanitárias em cada um dos países quando o futebol voltar.

Ademais, o Conselho confirmou a entrega definitiva para as Associações Membro dos 14 milhões de dólares procedentes do Fundo Evolução. Conforme os cálculos da Confederação, o alcance desta inversão superará os 400 clubes do futebol sul-americano.”

fonte: colunadofla