“Flamengo e Corinthians são os mais poderosos do Brasil” Diz Cazares

Juan Cazares criou uma grande polêmica nesta quinta-feira (23) durante entrevista ao ‘Canal Del Futból’, do Equador. O meia do Atlético-MG revelou que tem vontade de jogar pelo Corinthians ou pelo Flamengo. A declaração caiu muito mal entre os torcedores do Galo.

– Sim. É uma equipe muito grande do Brasil. Uma equipe muito forte. Flamengo e Corinthians são os mais poderosos do Brasil. Como não vou gostar de vestir a camisa de uma equipe tão grande?.

A fala de Cazares sobre jogar no Timão faz parte de um flerte antigo dos paulistas com o jogador, que apareceu em várias especulações para ser reforço corintiano. Em entrevista ao Canal do Nicole, na última quarta-feira, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, revelou que o meia já esteve no radar do clube no passado, mas atualmente deixou de estar.

  • Hoje não (há o interesse), mas ele interessou uma época sim – afirmou o mandatário do Timão, rechaçando a possibilidade de negociação.

O equatoriano tem tido um ano de 2020 muito focado em deixar o Galo. No início da temporada quase foi vendido para o futebol árabe, mas o alvinegro deixou claro que o valor oferecido não atendia aos anseios financeiros do clube e o negócio não foi à frente. Porém, Cazares já havia dito que desejaria ser negociado e a relação entre os mineiros e o jogador não está totalmente definida.

O contrato do jogador com o Atlético se encerra no fim de 2020. Caso não haja uma prorrogação do vínculo devido a pandemia de coronavírus, o atleta poderá assinar com outra equipe sem que o Galo receba alguma compensação financeira.
Fico de Cazares dependerá de Sampaoli

A definição da permanência de Cazares, segundo o diretor de futebol Alexandre Mattos, ficará a cargo de Jorge Sampaoli, que ainda terá de avaliar se valerá ou não a pena manter o equatoriano.

  • Não consegui ter o dia a dia necessário E nem o Sampaoli, para a avaliação daquilo que ele imagina de jogo e se o Cazares, não só o Cazares, como qualquer outro atleta, pode ser importante ou não naquilo que ele entende. Tecnicamente, não tem o que se discutir. Agora, não tive a oportunidade ainda de ver pessoalmente com o Cazares e entender tudo o que foi de bom e tudo o que ele tem que evoluir para a gente entender o que é bom para o Atlético- disse Mattos em entrevista à Band, que prosseguiu:
  • A gente tem que esperar o dia a dia. Já cansei de trabalhar com treinador que fala: ‘Olha, esse jogador eu não quero’. Eu nem estou falando que é o Cazares, só estou dando um exemplo. Aí, passam uma, duas, três semanas de treinamento, o jogador que talvez sairia virava o ‘queridinho’. O próprio Sampaoli disse publicamente que não queria o Sasha, e o Sasha se transformou num dos principais jogadores do Santos no Campeonato Brasileiro. E ele reconheceu isso publicamente e pediu desculpa- disse.

Mattos diz que o Atlético quer tentar um acordo com o jogador, de 27 anos, mas um novo contrato pode não indicar que Cazares ficará no Galo.

  • No momento, o que a gente tem é uma necessidade de renovação contratual para o Atlético ter a sua segurança. O que a gente com certeza o fará é: o Cazares se apresenta, a não ser que tenha alguma situação, o que eu não acredito, pelo momento do futebol, de venda ou alguma coisa. Mas aí não é só o Cazares, é qualquer atleta do Atlético. Isso se obviamente, for avaliado e o presidente entender que é um bom negócio-explicou.

Cazares tem 205 jogos pelo Galo, marcando 41 gols com a camisa alvinegra em sua trajetória em Minas, desde 2016, quando foi contratado junto ao Independiente Del Valle.

Fonte: Esporte interativo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui