O que aconteceu com Marcelo Salles, o interino do Flamengo?

UOL: Em meio à expectativa do Flamengo pela permanência do técnico Jorge Jesus, o responsável por “entregar” o time ao treinador português permanece no clube, mas sem o mesmo holofote de outrora.

Há quase um ano, Marcelo Salles assumiu a equipe rubro-negra após o conturbado pedido de demissão de Abel Braga, que vinha sendo alvo de críticas da torcida.

Salles, conhecido também como “Fera”, estreou à beira do gramado em 1º de junho de 2019, contra o Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro. Além desta, ele desempenhou a função de técnico interino contra Corinthians, Fluminense e CSA, tendo três vitórias e um empate.

Jorge Jesus assumiu o comando na paralisação do calendário por causa da Copa América, que foi realizada no Brasil.

Com o treinador, porém, vieram outros membros da comissão técnica e Marcelo acabou perdendo espaço ao longo da temporada passada.

No começo deste ano, com o elenco profissional de férias até o fim de janeiro devido à disputa do Mundial de Clubes, Salles foi coordenador técnico. Porém, com o retorno do grupo principal e, consequentemente, da comissão técnica, o Fera voltou a ficar como funcionário do clube, mas sem função específica.

Durante a paralisação por causa do coronavírus, a diretoria do Flamengo negocia a renovação de contrato com Jorge Jesus, que tem vínculo até maio.

Recentemente, o presidente Rodolfo Landim comparou Jesus a Messi e afirmou que o treinador merecia “todo dinheiro do mundo”.

“Mas falar que vale ou não vale… Acho que vale todo o dinheiro do mundo. É quase um Messi entre os treinadores. Quanto vale o Messi?”, indagou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui