Flamengo deve sacramentar renovação de Diego Alves após paralisação

O Flamengo suspendeu todas as atividades tanto na sede da Gávea quanto no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu, devido à pandemia do coronavírus. Porém, o planejamento do clube segue a todo vapor, e o Rubro-Negro não deve ter dificuldades para assinar a renovação de contrato com o goleiro Diego Alves.

O atual vinculo do arqueiro termina no dia 31 de dezembro deste ano, e ele deseja estendê-lo. Sendo assim, mesmo com o surto do Covid-19, o Flamengo não deve ter maiores complicações sobre o assunto. De acordo com o jornalista Venê Casagrande, do jornal O Dia, as partes devem sacramentar o acordo logo após o período de quarentena.

O Flamengo, por sua vez, já manifestou o desejo de renovar o vínculo do goleiro, de 34 anos. Um dos líderes do atual elenco, Diego Alves chegou ao Rubro-Negro em julho de 2017. O arqueiro pertencia ao Valência, da Espanha, e custou 300 mil euros (cerca de R$ 1 milhão na cotação da época) aos cofres do Mais Querido. O camisa 1 soma 139 jogos com a camisa do Fla.

Assim como todo o elenco, Diego Alves recebeu férias coletivas e se reapresenta no dia 21 de abril. Porém, o período pode ser estendido caso a pandemia do coronavírus ainda não tenha sido controlada no país. Em campo, o goleiro foi vice-campeão da Sul-Americana de 2017 e do Campeonato Brasileiro de 2018, além de conquistar os títulos do Carioca, Brasileirão e Libertadores em 2019, e levantar os troféus da Taça Guanabara, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana em 2020.

Fonte: Coluna do Flamengo