Alexandre Mattos diz que “até” o Flamengo sentirá a crise

O diretor de futebol do Atlético-MG, Alexandre Mattos, projetou um cenário preocupante do futebol brasileiro para os próximos meses caso a paralisação das atividades esportivas, devido a pandemia de coronavírus, seja mantida por muito tempo.

Mattos afirma que a situação econômica do Galo e de várias equipes, incluindo as mais poderosas, é desesperadora, com um futuro próximo de crise intensa nos times de futebol.

  • A situação é desesperadora. Não vou mentir: é desesperadora. Os clubes de futebol do Brasil, e aí não é só o Atlético, você pode colocar até os que hoje estão em um momento financeiro melhor, como Flamengo e Palmeiras, todos necessitam dos bancos para fazer algum tipo de conta garantida, alguma situação de antecipação em cartão de crédito pelo sócio-torcedor – disse o dirigente, em entrevista à “Bandeirantes”.

O alvinegro está tentando medidas internas para conter os danos da pausa forçada no futebol, como férias coletiva até 20 de abril e ainda redução de 25% nos salários de jogadores, comissão técnica e funcionários que ganham acima dos R$ 5 mil.

Fonte: Lance