Alex relembra passagem pelo Flamengo: “Não me arrependo de ter ido pra lá”

Ídolo de Palmeiras, Cruzeiro e Coritiba, Alex também teve passagem no Flamengo em 2000, participando de apenas 12 jogos. Em entrevista ao vivo concedida ao programa “Fox Sports Rádio”, o ex-jogador comentou sobre a curta trajetória no Rubro-Negro e afirmou que não se arrepende de ter se transferido naquela época, apesar de ter atuado mal e o clube estar “uma bagunça”.

– Era o clube do Zico, meu maior ídolo. Eu olhava o Flamengo, olhava o Maracanã .. E quando me imaginava jogando futebol, eu queria ter as coisas que ele tinha. Então não tenho arrependimento nenhum. Mas a pergunta que fica não é “Por que eu não dei certo?”, e sim “Por que ninguém deu certo?”. Se a gente olhar aquele período, ninguém na equipe deu certo. No Campeonato Brasileiro de 2000 a gente pode colocar três ou quatro jogadores que foram bem: Juan, Gamarra, Petkovic e talvez o Adriano, que estava surgindo. O restante todos jogaram abaixo, ninguém conseguiu render bem.

– Nós jogadores temos uma parcela de culpa. Eu poderia ter feito várias coisas diferentes. O clube estava num momento desorganizado, bagunçado, então quem passou por aquele período e teve uma sequência, até teve uma história no clube. O caso do Edílson é um exemplo, que não joga bem aquele ano, segue na equipe e acaba participando do título do Carioca no ano seguinte com aquele gol do Petkovic. Eu realmente fui muito mal, muito abaixo do que se esperava de mim. Mas só participei de 12 jogos, não dá pra ter uma análise fechada disso. Treinei pouco, treinei menos, acabei pagando com uma participação ruim e infelizmente não me aproveitei da condição de atuar num clube enorme como o Flamengo, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui