Herói da Libertadores, Gabigol revela problema no intervalo da final: “Achei que não fosse conseguir voltar”

Gabigol foi um dos principais nomes do Flamengo na conquista do bicampeonato da Copa Libertadores da América. Ainda que o bom entrosamento da equipe e o jogo coletivo tenham sido fundamentais na busca do título, foi dos pés do camisa 9 que saíram os dois gols da virada histórica sobre o River Plate. Nesta segunda-feira (06), Gabigol bateu um papo com Caio Ribeiro, relembrou momentos da partida e revelou que quase não jogou o segundo tempo.

– Pode ver em vários vídeos. Em nenhum eu estou comemorando com o pessoal. Acaba o jogo, eu vou para o vestiário. Eu tinha tomado uma porrada no final do primeiro tempo, meu tornozelo estava uma bola. Eu falei até com o Mister que achei que não fosse conseguir voltar. Mas aí fizemos tudo, tomamos remédio, colocamos gelo. Quero até agradecer ao pessoal do Flamengo que fez tudo na hora. Pode ver que eu volto para o segundo tempo meio mancando, cambaleando. Mas deu tudo certo -, destacou o atacante, em live no Instagram.

O dia 23 de novembro de 2019 ficou literalmente marcado na história de cada rubro-negro. O River Plate vencia o confronto por 1 a 0 e estava com as mãos na taça até os momentos finais do segundo tempo. No entanto, aos 43 minutos, Gabigol balançou as redes do adversário e deixou tudo igual no placar. O confronto que parecia ir para a prorrogação, foi decidido nos acréscimos. Aos 46, Gabriel recebeu de Diego, ganhou dos zagueiros e marcou, fechando o embate com chave e ouro e coroando o desempenho da equipe.

A espetacular virada do Rubro-Negro virou um filme da Conmebol. A entidade produziu o “Glória Eterna ao Flamengo”, mostrando todos os detalhes da final da Copa Libertadores, com imagens inéditas. O nervosismo, a emoção e o choro de cada flamenguista que foi à Lima, no Peru, apoiar o Mais Querido na grande decisão e celebrar o título de ‘Rei da América’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui