#COVID19: após pedido de primeiro ministro, Japão anuncia adiamento dos Jogos Olímpicos para 2021

A pandemia do coronavírus está espalhada em boa parte do mundo. Por isso, os grandes eventos foram suspensos ou cancelados. Os Jogos Olímpicos, que será realizado em Tóquio, no Japão, correu na contramão e permaneceu marcado para ter início no dia 24 de julho deste ano. Porém, as coisas mudaram. Após o pedido do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, o Comitê Olímpico Internacional aceitou adiar o evento.

A informação foi divulgada através do primeiro-ministro japonês, na manhã desta terça-feira (24). O COI estava reticente ao adiamento, porém, Shinzo Abe apontou para a dificuldade na preparação dos atletas diante da pandemia do coronavírus. Com isso, o evento foi levado para 2021, e a data deve continuar sendo 24 de julho.

 O COI havia estipulado, neste domingo (22), um prazo de até quatro semanas para decidir o que fazer com Tóquio-2020. Porém, vários comitês olímpicos nacionais se manifestaram favoráveis a não realização dos Jogos na data inicialmente marcada. O Brasil, inclusive, foi um deles. Canadá e Estados Unidos, por exemplo, chegaram a avisar que não iriam enviar suas delegações, caso o instituição mantivesse o evento para este ano.

FONTE:colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui