Mesmo de longe, Jorge Jesus negocia renovação de contrato com Flamengo

Jornalista ironiza polêmica com Jorge Jesus e dispara
FOTO: THIAGO RIBEIRO/AGIF

No último domingo, Jorge Jesus deixou o Brasil com sua comissão técnica e retornou à Portugal para ficar perto dos familiares. A viagem teve autorização do Flamengo, que no momento não se sente preocupado em relação à renovação do contrato do português. Mesmo estando na Europa, o Mister mantém conversas com o clube e também segue acompanhando os treinamentos individuais dos jogadores. A informação foi inicialmente publicada pelo jornal O Globo.

O preparador Mário Monteiro permaneceu no Rio de Janeiro para monitorar mais de perto as atividades que os atletas fazem em suas determinadas residências. O outro preparador físico da comissão, Márcio Sampaio, regressou para Portugal, mas mantém o controle à distância dos treinos e repassa tudo ao comandante da equipe.

Jesus decidiu voltar à Portugal para ficar próximo da família em meio à pandemia mundial do novo coronavírus (COVID-19). O único receio do Flamengo é quanto a indefinição do calendário do futebol europeu, que poderia fazer clubes do continente buscarem novos treinadores, e o Mister apareça como uma oportunidade.

— Estava à espera de uma decisão, estudando e cuidando do planejamento de trabalho, mas, diante do adiamento de nossa volta às atividades, quero ficar ao lado de meus familiares nesse momento difícil, de enfrentamento de uma pandemia, que preocupa a todos nós. Rezo e torço para superarmos logo essa crise e eu poder voltar ao campo o mais breve possível, declarou Jorge Jesus.

Antes desse cenário atual de pandemia, Jorge Jesus indicou uma pedida salarial elevada para os padrões do futebol brasileiro, e até mesmo acima do que o Flamengo pretende pagar. O português teria pedido cerca de 7 milhões de euros por ano, ou seja, mais de R$ 3 milhões mensais, fora a comissão técnica.

fonte: colunadofla