Comissão técnica do Flamengo personaliza rotina de treinos e terá aplicativo para monitorar jogadores

Em meio ao surto do novo coronavírus no Brasil, com mais de 1200 casos e 18 mortes confirmadas até o momento, os treinamentos e jogos do elenco principal do Flamengo foram suspensos por tempo indeterminado. No entanto, a comissão técnica do clube, junto com o Departamento Médico, tem buscado alternativas para manter o foco e ter condição propícia para retornar em alto nível, quando os índices da doença forem controlados.

O técnico Jorge Jesus e alguns membros da comissão viajam para Portugal nesta semana. Desta forma, toda a rotina de atividades dos atletas já está definida, podendo ser separada em três partes: roteiro de treinos, monitoramento digital e equipamentos distribuídos pelo clube.

Rotina de trabalhos

Apesar de estarem em suas casas, os jogadores do Flamengo terão uma rotina diária de treinos elaborada pela comissão técnica, que vem desenvolvendo há mais de uma semana. Com os equipamentos enviados pelo clube Rubro-Negro, os jogadores deverão seguir um plano que será disponibilizado por meio de um aplicativo chamado Coach ID. Após o término das atividades, cada atleta deverá responder através da plataforma sobre a intensidade do treino. Sendo assim, com a coleta destes dados, a comissão técnica conseguirá monitorar o desempenho do elenco, mesmo à distância.


Aplicativo personalizado pela comissão técnica

Apesar de não ter problemas de indisciplina ou descumprimento de obrigações por parte dos jogadores, a comissão técnica decidiu utilizar um artifício tecnológico para monitorar as atividades. Isso porque, além de garantir a assiduidade dos atletas, os profissionais também terão o feedback do que cada atleta tem sentido e apresentado de efeito a cada prática.

O monitoramento acontecerá através do Coach ID, aplicativo que apresenta um banco de dados pré-definido, que foi modelado e personalizado após solicitação da própria comissão técnica. O departamento de futebol Flamengo já tem em mãos o software que será utilizado desde o início da segunda quinzena de março e aprovou o recurso.

Entre as três partes – diretoria, comissão técnica e atletas – há o consenso de que, utilizando o aplicativo, será possível ter mais detalhes e manter a preparação em alto nível, mesmo à distância. Vale destacar que a prática já foi utilizada por Jorge Jesus e seus comandados em outras equipes.


Equipamentos distribuídos pelo Flamengo

Para garantir suporte e recurso a todos da equipe profissional, o Rubro-Negro enviou diversos equipamentos para os jogadores. Através de comunicado, a assessoria especificou alguns dos materiais destinados aos atletas. O ‘kit básico’ conta com: bicicleta, colchonete, miniband, kettlebell, TRX, banco, halteres, anilhas e barra. A ideia é que, com estes esquipamentos, os atletas não tenham que sair de suas casas e se exponham ao vírus.

fonte: colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui