Torcedor do Atlético-MG, rapper conta como deixou rivalidade com Fla de lado para homenagear Bruno Henrique

O Flamengo montou um elenco bastante qualificado, apontado por muitos da imprensa como o melhor do Brasil. Bruno Henrique é um dos líderes técnicos do time que se sagrou campeão do Campeonato Brasileiro e da Libertadores da América em 2019. Não à toa, o atacante foi homenageado em uma música do rapper Djonga, que explicou um pouco de como decidiu citar o atleta em uma de suas músicas.

Torcedor fervoroso do Atlético-MG, Djonga citou Bruno Henrique na faixa de seu novo álbum “Histórias da Minha Área“, lançado na sexta-feira (14) da semana passada. A música se chama “Oto Patamá“, fazendo alusão ao bordão utilizado pelo atacante do Flamengo. O músico explicou que deixou a rivalidade com o Fla um pouco de lado, pois se identifica bastante com o atleta rubro-negro, que também é mineiro.

— É um cara que, além do futebol, o lance mais importante é que um cara de periferia, daqui de BH, preto igual eu. Assim como eu, venceu na vida e é exemplo para muitos moleques da área dele. A referência vai nesse sentido -, explicou, em entrevista ao site do Globo Esporte. O rapper ainda prosseguiu:

 O Bruno Henrique é um cara talentosíssimo. Todo mundo que é de BH, independentemente do time que torce, tem orgulho dele como jogador de futebol. Todo mundo que é preto, de quebrada. É um jogador enorme. Ano passado foi o melhor jogador em atividade no mundo na minha concepção. Joga muito. É de quebrada e vencedor igual a nós -, encerrou.

Bruno Henrique foi contratado pelo Flamengo em janeiro de 2019 e não demorou muito para cair nas graças da torcida. Chamado de “Rei dos Clássicos“, o atacante tem 70 jogos e marcou 40 gols com a camisa rubro-negra, além de ter 16 assistências.

FONTE:colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui