Sindicato aponta possibilidade de suspender salários dos atletas: “Vai ter dano colateral para todos”

Devido ao surto de coronavírus no Brasil, todos os campeonatos de futebol foram paralisados. O Flamengo seguiu a orientação e suspendeu até mesmo os treinamentos no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu, por sete dias. Porém, os jogadores também podem sofrer, no bolso, por conta das prevenções. Presidente do Sindicato dos Atletas do Rio de Janeiro, Alfredo Sampaio comentou sobre a possibilidade de suspender o salário dos desportistas, sobretudo para não prejudicar os clubes menores.

— Agora é uma ação institucional entre a Ferj, Sindicato, CBF e TV. É hora de todo mundo se dar as mãos. A intenção é discutir, tentar impacto menor. Os clubes vão ter direitos a algumas decisões em relação ao salário, podem ter cancelamento de salários em determinados momentos. Vou agendar reunião com todos os jogadores nos próximos dias, junto com o nosso jurídico, e mostrar os desdobramentos que isso tudo pode ter. No primeiro momento a ideia era conter os jogos. Agora é tratar dos desdobramentos que todos estão cientes do que pode acontecer -, disse.

A preocupação dos clubes de menor investimento se dá, principalmente, com o desemprego dos jogadores que costumam atuar apenas nos campeonatos regionais, além de que os contratos costumam terminar justamente um dia após a finalíssima do Estadual. Alfredo Sampaio revelou que existe sim a preocupação com estes fatos, mas reiterou a importância de tomar tais atitudes, preservando assim a saúde não só dos atletas, como da comissão técnica, profissionais internos dos clubes, familiares e torcedores.

— Com certeza é uma preocupação. Eles falaram disso na reunião e sei que é fato isso. Mas estamos falando de problema nacional e vai ter dano colateral para todo mundo. Não dá para a gente se prevenir, com medida de saúde, querendo criar nichos de proteção. Vai acontecer dificuldade, mas estamos falando de coisa acima disso, de sobrevivência. Estamos exagerando, estamos delirando? Não, a expectativa é de que nos próximos 15, 20 dias, haja um pico de contaminação. Não para discutir coisa dessa proporção em nichos separados -, encerrou.

O Campeonato Carioca foi suspenso por 15 dias, mas, caso o surto de coronavírus continue crescendo no país, existe a possibilidade de uma nova suspensão. Com isso, não se sabe ainda se os Estaduais irão ser cancelados, mas essa possibilidade já tem sido discutida internamente entre as federações e a CBF. A princípio, os torneios estão previstos para retornarem após a suspensão inicial.

FONTE: colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui