Por conta do coronavírus, Conmebol adia Copa América deste ano para 2021

A Conmebol decidiu adiar a Copa América deste ano para 2021, por consequência da pandemia do novo coronavírus. Com a intenção de mexer o menos possível na formulação da competição, o plano é usar datas semelhantes as que estavam marcadas em 2020 (entre os dias 11 de junho a 10 de julho), mantendo as sedes, que são a Argentina e Colômbia e mantendo o convite a Austrália e Qatar. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornalista Martín Fernandez, do Globoesporte.com.

Para a Copa América 2020, os atletas do Flamengo Everton Ribeiro, Gabigol e Bruno Henrique haviam sido convocados por Tite, para representar a Seleção Brasileira. Já Arrascaeta, tinha sido convocado pelo técnico Oscar Tabárez para defender o Uruguai.

Além da Copa América, a Eurocopa também foi adiada. Os dois torneios de seleções que seriam disputados entre junho e julho deste ano foram transferidos para o ano que vem. A Uefa ainda não oficializou, nem a Conmebol. Mas a Federação Norueguesa de Futebol antecipou a informação nas redes sociais.

O COVID-19 tem gerado grandes consequências para o esporte no mundo todo. Além da Copa América e da Eurocopa, outras competições também foram afetadas. No Brasil, a CBF suspendeu, por tempo indeterminado, as competições nacionais que são de sua responsabilidade, como a Copa do Brasil, os Campeonatos Brasileiros Femininos A1 e A2, o Campeonato Brasileiro Sub-17 e a Copa do Brasil Sub-20. A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FFERJ) também suspendeu as atividades do Campeonato Carioca.

FONTE: colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui