Presidente do Brasil discorda de paralisação do Brasileirão: “Cancelar não vai conter o vírus”

Na tarde do último domingo (15), A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou a suspensão de todos os campeonatos coordenados por ela . A medida, tomada em sinal de prevenção pelo surto do novo coronavírus, passa a valer nesta segunda-feira (16). Para o Presidente da República, Jair Bolsonaro, paralisar o futebol nacional vai endossar o ‘descontrole’ entre a população.

— Cancelar jogos contribui para o histerismo. CBF poderia pensar em vender uma carga de ingressos de acordo com a capacidade dos estádios. Cancelar não vai conter o vírus. A economia não pode parar. Vai gerar desemprego -, disse Bolsonaro -, à CNN.

A medida da entidade se aplica à competições que estão em andamento, como: Copa do Brasil, Campeonatos Brasileiros Femininos A1 e A2, Campeonato Brasileiro Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20. Sobre os estaduais, a CBF afirmou que vai deliberar, respeitando a “autonomia local“. A ideia é definir se as disputas regionais serão paralisadas ou seguirão com portões fechados ao público.

Leia, na íntegra, a nota da CBF:

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu suspender, a partir desta segunda-feira, dia 16/3, por prazo indeterminado, as competições nacionais sob sua coordenação que estão em andamento: Copa do Brasil, Campeonatos Brasileiros Femininos A1 e A2, Campeonato Brasileiro Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20.

“Sabemos e assumimos a responsabilidade do futebol na luta contra a expansão da COVID-19 no Brasil”, afirma o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

Em relação aos campeonatos estaduais, as Federações Estaduais de futebol, entidades organizadoras, terão deliberações específicas para cada competição, sendo respeitada a sua autonomia local.

A CBF seguirá em permanente contato com o Ministério da Saúde, unindo esforços para que o país e o esporte superem o grande desafio em relação à pandemia, torcendo para que, o quanto antes, possamos voltar à normalidade.”

Na vitória de 2 a 1 do Flamengo sobre a Portuguesa, no último sábado (14), não houve presença de torcedores. Assim como a CBF, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) vai realizar uma reunião nesta segunda, para avaliar se o Campeonato Carioca será suspenso ou não.

FONTE: colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui