Coronavírus: pandemia paralisa esporte mundial, e Flamengo toma medidas necessárias no combate à doença

O Ministério da Saúde confirmou a existência de mais 98 casos do novo coronavírus, o COVID-19, no Brasil. A maior concentração de pessoas infectadas com a doença encontra-se no Rio de Janeiro e São Paulo, principais estados do país. Mediante ao surto do vírus no Brasil, as autoridades brasileiras tomaram medidas para conter a proliferação de casos, como suspensão de aulas, fechamento de locais públicos como cinemas e teatros, ordens do governador carioca, Wilson Witzel. 

Além disso, entidades desportivas como a Confederação Brasileira de Futebol, Federações de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e São Paulo, decidiram por realizar as partidas marcadas para o fim de semana com portões fechados.

O Flamengo foi o primeiro clube no Brasil a passar por exames preventivos nesta sexta-feira (13), após o primeiro teste do dirigente Mauricio Gomes de Mattos ter dado positivo para o coronavírus. O vice de Embaixadas e Consulados do clube Rubro-Negro, que esteve em Madri junto com o presidente Rodolfo Landim no dia 02 de março, aguarda a contraprova do teste em Brasília, onde encontra-se internado. 

Em meio a pandemia do coronavírus, que foi declarada pela Organização Mundial da Saúde na última quarta-feira (11), o Flamengo se posicionou oficialmente explicando as medidas que serão tomadas pelo clube. Segundo apurado pela reportagem do Coluna do Fla, o Departamento Médico Rubro-Negro está produzindo uma cartilha com informações para prevenção da doença. Apesar das medidas tomadas pelo governo, os treinos no Ninho do Urubu seguem normalmente. 


Posicionamento do futebol profissional do Flamengo

“O departamento médico do Flamengo está elaborando uma cartilha sobre o risco do novo coronavírus e os cuidados que os atletas e funcionários devem fazer para se proteger da pandemia que vem assustando todo o mundo. 

As atividades no Centro de Treinamento George Helal seguem com a rotina normal, e ainda não houve nenhuma mudança por conta do novo coronavírus. No entanto, a cartilha que está sendo preparada pode trazer algumas mudanças na rotina dos atletas.”

Além do futebol profissional, funcionários das categorias de base do Flamengo também se mobilizam para alertar os jogadores e demais envolvidos com as atividades. O chefe do Departamento Médico da base Rubro-Negra, Gustavo Dutra revelou à reportagem do Coluna do Fla, que as orientações para evitar o contágio são passadas diariamente aos atletas, comissão técnica e funcionários. 

Doutor Gustavo Dutra, chefe do departamento médico da base do Flamengo

“O DM do Futebol de Base vai tomar as medidas de acordo com as orientações do Governo Federal – MS, para serem medidas oficiais. São as orientações diárias sobre higiene das mãos abundantemente (água e sabão + álcool gel) sempre, inclusive com folders explicativos sobre assepsia tanto com sabão quanto com álcool gel, proteção da face em caso de tosse ou espirro. Estar atento aos sintomas Gripais de Tosse, Espirro, Febre, Prostração, Dor no Corpo, Utilização de utensílios comuns após assepsia das mãos, enfim tudo o que já orientamos para todas as viroses ou epidemias.

Manter Hidratação abundante, o controle vacinal e da saúde dos atletas, conforme também já fazem parte da nossas orientações diárias e anuais. Além disso, o departamento médico está  preparando algumas palestras para os atletas de conscientização e prevenção.”

Recomendações da Organização Mundial da Saúde: 

Com mais de 120 mil casos confirmados e mais de 5 mil vítimas fatais ao redor do mundo, A Organização Mundial da Saúde emitiu algumas recomendações à população mundial para evitar a propagação do vírus: 

  • Lavar as mãos com água e sabão frequentemente, principalmente após tossir, espirrar, ir ao banheiro, ou estar em transportes públicos e lugares com aglomerações
  • Ter em mãos um frasco de álcool e gel para higienizar sempre quando for possível. 
  • Cobrir o rosto com o braço ou lenço ao espirrar e tossir
  • Evitar locais públicos e com grandes aglomerações 
  • Adiar, se possível, viagens para o exterior, principalmente para locais que são foco da doença como Ásia e Europa 
  • Não passar as mãos nos olhos, boca e nariz 

Vale lembrar que os sintomas que se manifestam em pessoas contaminadas pelo coronavírus são: febre de mais de 38 graus, coriza, espirro, tosse, dores no corpo e dificuldades respiratórias. Apesar do alto nível de contágio, a taxa de letalidade do Covid-19 é de apenas 3,4%, aumentando o número de acordo com a idade e complicações na saúde. Os mais ameaçados pela doença são os idosos, pessoas com doenças respiratórias, cardíacas, problemas de imunidade, e diabéticas. 

Após a vitória por 3 a 0 contra o Barcelona de Guayaquil, o Flamengo se prepara para enfrentar o Portuguesa, neste sábado (14), às 18h, horário de Brasília, no Maracanã. A partida válida pela terceira rodada da Taça Rio acontecerá sem a presença da torcida, após determinação da FERJ em realizar o confronto com portões fechados.

FONTE: colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui