Presidente da comissão de arbitragem da CBF descarta divulgação de áudios do VAR: “É arbitro de vídeo, não de áudio”

O Flamengo reclamou bastante de algumas escolhas do VAR em 2019. O Rubro-Negro viu lances polêmicos acontecendo e abriu a discussão sobre a liberação de os áudios do árbitro de vídeo. Porém, do que depender da Confederação Brasileira de Futebol, isso está longe de acontecer.

Presidente da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF, o ex-árbitro Leonardo Gaciba concedeu entrevista ao programa Bolívia Talk Show, do Desimpedidos, e rechaçou a ideia. Na visão de Gaciba, as federações que optaram por tomar essa atitude, de liberar os áudios, se arrependeram posteriormente.

— É arbitro de vídeo, não é árbitro de áudio. Acho que as imagens têm que ser divulgadas, o áudio, com as experiências que nós temos até hoje, dos países que já fizeram isso, os caras se arrependeram. A verbalização acaba se transformando mais polêmica do que a imagem em si -, disse Gaciba.

Alheio a isso, o Flamengo continua se preparando para novos títulos em 2020 – Fla ganhou três; Supercopa do Brasil, Taça Guanabara e Recopa Sul-Americana. O foco agora está na Taça Rio, onde o Rubro-Negro encara a Portuguesa, neste sábado (14), às 18h (horário de Brasília), no Maracanã

FONTE: colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui