Perícia conclui que CNH de Bruno Henrique é falsa; atacante é esperado para depor nesta quinta

O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 3 a 0, nesta quarta-feira (11), em uma grande atuação da equipe comandada por Jorge Jesus. Bruno Henrique teve um bom desempenho e chegou a balançar as redes – marcando o terceiro gol da partida. Porém, o atacante se vê em uma situação delicada fora das quatro linhas.

Isso porque, a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) utilizada por Bruno Henrique é falsa. A conclusão saiu após peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli checarem a evidência. O laudo da perícia atestou que tanto a cédula do documento quanto o número do registro da habilitação foram forjados.

Bruno Henrique é aguardado, ainda nesta quinta-feira (12), pela 16ª DP (Barra da Tijuca), para prestar depoimento sobre o caso. O atacante pode ser indiciado por uso de documentação falsa, que prevê pena de até 6 anos de reclusão. A informação foi divulgada primeiramente pelo site do Globo Esporte.

Entenda o caso:

Bruno Henrique foi parado em uma blitz da Lei Seca no dia 29 de fevereiro na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Aos agentes, o atacante apresentou uma carteira de habilitação de São Paulo, cujos dados não constavam no sistema de informática do Detran-RJ. O jogador ainda se recusou a realizar o teste do bafômetro, para descobrir se havia traços de álcool no sangue, no momento em que foi abordado.

FONTE: colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui