Análise pós jogo: FLA 3 x 0 BAR – Fatal na bola parada

É normal agora que os times fiquem na retranca contra o Flamengo, eles tentam fazer um jogo de xadrez onde eles mesmo se levam ao xeque-mate.
Flamengo descobriu pela bola parada o veneno para destruir a barreira do Barcelona. Vamos às análises:

| Rafinha – “Seco” na marcação, é incrível como o Rafinha sabe os atalhos do campo sem precisar correr tanto. 7,0

| G. Henrique – A melhor participação dele com a camisa do Flamengo. Apareceu bem na zaga e foi o principal homem na bola parada. Estava em todos os lances como um 9 pelas disputas no alto. Mereceu o gol, talvez ate mais. 8,5

| T. Maia – Ótima cobertura de novo, chama a atenção a qualidade com a bola no pé. Vai disputar muito a posição com Gerson e Arão, tem qualidade. 7,5

| Everton Ribeiro – Segue com a regularidade em cima da média, uma assistência para o capitão. Em minha visão o melhor jogador da atualidade no Brasil. 8,0

| Bruno Henrique – No primeiro tempo encontrou dificuldades com a marcação, errou passes simples, mas no segundo tempo deu boas arrancadas e dribles, fez um gol para voltar a ter confiança. 8,0

| Gabigol – 10 jogos e 11 gols, Gabriel segue na luta pra quebrar os recordes de gols em 1 ano (dele mesmo), com a camisa do Flamengo no século. Bateu bem o pênalti e deu bons chutes a gol. 8,0

A manutenção do sistema e jogadores foi importante, o time se conhece muito bem e tem um entrosamento que transmite tranquilidade e até irrita os adversários.

FONTE: urubuinterativo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui