Filipe Luís fala sobre pressão de jogar no Flamengo: ‘Não sabia que era esse nível’

Filipe Luís é um dos jogadores mais experientes do elenco do Flamengo. Porém, engana-se quem pensa que o atleta não sentiu a pressão de vestir a camisa rubro-negra. Em entrevista coletiva na manhã desta terça (10), o lateral-esquerdo de 34 anos destacou a união do grupo e a vontade de entrar em campo nesta quarta (11) pela Libertadores.

“A gente sabia que jogar no Flamengo era uma pressão absurda, mas não sabia que era esse nível de pressão. Mas aqui existe prazer. Nós somos amigos, a gente se reúne, a gente tem prazer de jogar. Todo mundo está com vontade de ir nesse ônibus nesta quarta pro Maracanã, passar no túnel do vestiário. Esse prazer diminuiu a pressão”.

O jogador também não deixou de elogiar dois parceiros da defesa rubro-negra. Filipe Luís afirmou que Rafinha “tem o DNA do Flamengo” e “faz o clube mudar”, e fez coro por uma convocação de Rodrigo Caio para a seleção brasileira.

“Rodrigo Caio eu conheço desde 2015, já sei do que é capaz. É um zagueiro praticamente perfeito, sempre no lugar certo, máxima intensidade em todos os duelos. Espero ver logo na seleção, porque ele tem nível e merece estar entre os quatro. Fica muito mais fácil jogar do lado dele. Que a dor de cabeça fique para o Jorge Jesus”.

Sobre a próxima partida pela Libertadores, o lateral do Rubro-Negro ressaltou que o time precisa manter o respeito aos adversários e continuar “sendo o Flamengo”.

“Não importa o momento do time, quem vem jogar contra o Flamengo hoje vem fazer o jogo da vida. Temos que respeitar, entender, mas continuar sendo o Flamengo que somos”.

Flilipe Luís volta a campo pelo clube carioca para enfrentar o Barcelona de Guayaquil, nesta quarta-feira (11), às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, pela segunda rodada da Libertadores.

FONTE: Esporte interativo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui