Marcinho, do Botafogo, nega mágoa por ter sido dispensado do Flamengo: “Não tinha força física”

Destaque do Botafogo, Marcinho atuou no Rubro-Negro nas categorias de base. Porém, sua força física não era igual ao do restante dos colegas de time, algo que motivou sua dispensa. Porém, apesar disso, o atleta revelou que não possui nenhum tipo de rancor pela decisão tomada pelo clube. Em entrevista ao canal “Pilhado”, ele reiterou que o time ainda tentou garantir sua permanência.

“Saí com 15 anos. Não tinha força física e não estava correspondendo ao nível dos outros atletas. Eles tentaram me manter, mas não deu. Viram que eu tinha potencial, mas falaram: ‘Cara, desculpa. Você não está acompanhando e vai ter que sair’. A vida é assim, quando você não acompanha a evolução das outras pessoas, é deixado de lado. Não tem jeito. Eu não tenho vaidade. Esse negócio de ego, não tenho. Quero ser amigo de todo mundo, tentar fazer as coisas da melhor forma, tentar ser o mais transparente possível, isso é a melhor coisa”, declarou.

Em 2019, Marcinho foi convocado por Tite para substituir Danilo. Diante disso, o lateral revelou qual foi a sensação em conhecer ídolos como Neymar e Daniel Alves.

“Nunca pensei que eu fosse conhecer o Neymar, mesmo indo pra seleção. Aqueci com ele, alongue… Dani Alves, voltei com ele no avião, cara super gente boa. Esses caras são top 1. As roupas… O Thiago Silva me deu as roupas dele da mala da seleção. Foi legal pra caramba. Os caras foram muito legais, o ambiente é muito maneiro na Seleção”, contou.

Veja abaixo a entrevista completa.

FONTE:torcedores

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui